Hélio Couto - O Poder de Soltar - Todos os direitos reservados

Hélio Couto
Pat logo4.png
  • instagram
  • Facebook Social Icon
  • LinkedIn Social Icon

O Poder de soltar XV

December 4, 2016

 

Mesmo quando não há necessidade de divulgar que foi feita a opção pelo paradigma não-real (contra o Todo) isso é feito. Sabe-se que isso é ignorado, mas mesmo assim é feito. Pois, é muito complicado deixar de reafirmar constantemente a opção pelo não-real.

 

Soltar é a melhor opção que existe, mas saberem que se solta é outra história. É por isso que é reafirmado constantemente que não se solta. E soltar é visto como uma coisa esquisita. Uma excentricidade. E enquanto é visto como uma excentricidade está bom.

 

Esta reafirmação do não-real parece que é desnecessária, mas não é. Porque é uma coisa generalizada e sendo assim faz parte da vida normal. Negando o real está dentro da normalidade. E esta negação faz com que tudo funcione como sempre funcionou nestes 6 mil anos. 

 

É como um baile de máscaras em que todos vão mascarados. Está tudo normal. Mas, se alguém não vai de máscara todos percebem que há algo errado. Para que tudo continue funcionando é preciso ir de máscara. Por isso sempre houve muito sucesso com os bailes de máscaras. 

 

Todos os que optam pelo não-real fazem o mesmo procedimento e assim isso passa completamente despercebido como se fosse uma segunda natureza. É o normal. A história está repleta do mesmo procedimento. Por isso ler história é da mais alta importância para quem está no paradigma real.

 

É por isso que se diz que a história se repete. Porque para não repetir a história é preciso conhecer a história. 

 

Apesar de tudo isso o soltar continua válido como sempre foi e eficiente como sempre foi. Para os que querem solução e eficiência em qualquer coisa o soltar é indispensável. Soltar em todas as situações e condições.

 

Hélio Couto

www.heliocouto.com

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

Novo vídeo: Sociologia do soltar

July 10, 2017

1/10
Please reload

Posts Recentes

January 28, 2017

January 3, 2017

January 1, 2017

December 4, 2016

November 21, 2016

November 19, 2016

Please reload

Arquivo
Please reload

Procurar por tags